sábado, 30 de maio de 2009

Gaia ou Bruxelas?...


Na página da Internet da Organização Regional do Porto do PCP pode ler-se o seguinte:

"Primeiros candidatos à Câmara e Assembleia Municipais de V.N.Gaia - 21-Abr-2009

Primeira candidata à Câmara Municipal de V.N.Gaia, Ilda Figueiredo; Economista, com mestrado em Planificação e Administração da Educação. Professora do ensino superior. Membro do Comité Central do PCP, vereadora da Câmara Municipal de Gaia, deputada ao Parlamento Europeu (desde 1999)."

É curioso que, até agora, não vi ninguém na Comunicação Social referir este facto, isto é, que Ilda Figueiredo, candidata nº1 da CDU para o Parlamento Europeu é também candidata anunciada à Presidência da Câmara de Gaia onde, actualmente, já é vereadora... Irá acumular cargos ou vai desistir de algum, caso seja eleita para ambos?... E de qual desistirá?... Seria interessante o eleitorado ter, desde logo essa informação - Ana Gomes, a candidata do PS à CMS, que tão criticada foi por ser também candidata ao Parlamento Europeu, já anunciou publicamente que sairá do cargo de deputada europeia caso seja eleita Presidente da Câmara Municipal de Sintra.

E Ilda Figueiredo?...

BPN - II



Notícia do "Expresso" de hoje: Cavaco Silva foi accionista da Sociedade Lusa de Negócios (SLN) detentora do Banco Português de Negócios (BPN) entre 2001 e 2003, altura que ainda não era Presidente da República. Quando saiu da Sociedade obteve um ganho de 147,5 mil euros. A sua filha Patrícia também possuiu acções da SLN e lucrou a considerável verba de 209,4 mil euros.

De acordo com o semanário Cavaco detinha 105.378 acções, adquiridas a um euro cada uma, que foram posteriormente vendidas a 2,4 euros cada (a SLN não estava cotada na Bolsa e por esse motivo não havia preço de referência, mas, segundo o jornal, este valor estava na mesma ordem de valor de outras transações de acções do grupo naquela altura). Patrícia Cavaco Silva deteve 149.640 acções.

As acções de Cavaco e da filha foram vendidas, por ordem do presidente da administração, à SLN Valor, principal accionista da SLN, que agregava os maiores investidores individuais da empresa, entre eles Oliveira e Costa.

Recorde-se que, em Comunicado emitido pela Presidência da República em Novembro de 2008, Cavaco assegurou que “nunca exerceu qualquer tipo de função no BPN ou em qualquer das suas empresas; nunca recebeu qualquer remuneração do BPN ou de qualquer das suas empresas; nunca comprou ou vendeu nada ao BPN ou a qualquer das suas empresas”.

Uma coisa é certa: esta notícia do "Expresso" é indesmentível e exige um total e cabal esclarecimento por parte do actual Presidente da República.

sexta-feira, 29 de maio de 2009

BPN



O "affaire" BPN começa a tornar-se bastante incómodo para as bandas do PSD. Isso é claramente visível na forma como os seus dirigentes reagem às questões colocadas por adversários políticos, como é o caso de Vital Moreira.

Parece que à fluência e disponibilidade permanente para fazer declarações sobre o Freeport ou o Eurojust se sucedeu agora um cauteloso silêncio em tons "laranja"...

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Deus não dorme!...



Abençoado Dr.Marinho Pinto, um Português dos "antigos" e um HOMEM com alma até Almeida!

Veja-o aqui a fazer aquilo que MILHARES de Portugueses já gostariam de ter feito há muito tempo, se pudessem!

Bravo!

Será que os Portugueses vão abrir os olhos finalmente sobre certas "campanhas" e certos "comentaristas" que todos os dias usam o Poder de que dispõem para autênticos "assassinatos de carácter"?!

Ainda as eleições para o Parlamento Europeu


A Coreia do Norte acaba de realizar mais uns testes nucleares para mostrar que o regime está vivo. Pelo meio, à laia de peculiar fogo de artifício, testou também alguns mísseis. Recordo que a Coreia do Norte é um sinistro regime comunista que, ainda recentemente, era apontado pelo líder da bancada da CDU na Assembleia da República como "exemplo" - não se consegue perceber bem é de quê... O que é certo é que, até agora, não ouvi uma só palavra de censura ou de preocupação com estes desvarios norte-coreanos, vinda do PCP ou do Bloco de Esquerda, até. Nem quero imaginar se os testes tivessem sido feitos por Israel, por exemplo...

Em Itália, o 1º Ministro Berlusconni continua envolvido numa série de trapalhadas que se iniciaram com uma interessante escolha de candidatas para o Parlamento Europeu (parece que o único critério a cumprir teria a ver com as medidas do peito, da cintura e a beleza do rosto...) e alastraram para uma relação com uma jovem de 18 anos com quem terá "celebrado" o aniversário natalício... Entretanto os deputados italianos aprovaram recentemente uma lei de segurança interna e imigração que coloca a Itália entre os países mais duros da Europa no combate à imigração clandestina. A partir de agora, qualquer pessoa que hospedar ou alugar um imóvel a um clandestino poderá ser punida com prisão até três anos.

Perguntarão: e o que tem esta história da Coreia e do Sr.Berlusconni a ver com o título deste texto?...

Tudo.

Porque aqueles que aberta ou intimamente apoiam regimes como o da Coreia do Norte (ou outros de igual pendor totalitário), em nome da ideologia que defendem, sentam-se numa mesma bancada no Parlamento Europeu - a da Esquerda Unitária Europeia, onde o Bloco de Esquerda também se inclui.

E porque os eleitos pelo partido do Sr.Berlusconni (Forza Italia) se sentam, lado a lado, com os eleitos do PSD e do CDS/PP, no âmbito da "família" do Partido Popular Europeu.

É por isso que ao elegermos deputados para o Parlamento Europeu estamos também a contribuir para o reforço destas bancadas e, inevitavelmente, para a força das suas propostas na cena internacional.

Agora, caro leitor, diga-me lá:

- você quer mesmo eleger deputados, para o Parlamento Europeu, que concordem com os princípios ideológicos e apoiem o regime lunático da Coreia do Norte ou outros semelhantes?... Ou que defendam as mesmas "ideias" políticas de Silvio Berlusconni?...


Pois é... Até ao próximo dia 7 de Junho - pense bem!

sábado, 23 de maio de 2009

Escolhas



"Quem não pode atacar o argumento ataca o argumentador."


Paul Valery

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Construir a Europa


Ao contrário do que muitos pensam, as eleições europeias não são algo a que não se deva dar muita importância. Antes pelo contrário.

Cada vez mais a construção do nosso futuro passa pelas decisões tomadas a nível supracional, nomeadamente no que diz respeito àquelas que provêm da União Europeia. A Europa não é uma mera construção geopolítica - é um espaço de democracia, liberdade, desenvolvimento, entreajuda, progresso. A desejável entrada da Turquia marcará uma nova dimensão - a Europa constituir-se-á igualmente como um exemplo de tolerância religiosa plena, sem abdicar dos seus princípios básicos de modernidade e evolução.

Por tudo isso é importante que saibamos quem nos representa no Parlamento Europeu. Não é irrelevante eleger membros de partidos que partilhem dos sentimentos e princípios da construção europeia ou outros que usam as eleições europeias como "arma de arremesso" para a habitual politiquice interna e, bem lá no fundo, até desejariam a falência deste magnífico projecto de paz e desenvolvimento... Poderá aquele que quer "destruir", ajudar a ... "construir"?...

A nossa alma é Portugal. O nosso presente é a Europa. E o nosso futuro (e dos nossos filhos) dependerá das escolhas que agora soubermos fazer para continuar a honrar e desenvolver este magnífico projecto de Nações que é a União Europeia.



segunda-feira, 18 de maio de 2009

Haja memória!


O programa oficial das Comemorações do 10 de Junho, que este ano decorrem em Santarém, incluirá uma homenagem a Salgueiro Maia, com a deposição de uma coroa de flores no monumento ao "Capitão de Abril", por parte do Presidente da República.

Ficará bem o gesto ao actual Presidente - mas para mim (e certamente para muitos outros Portugueses) não apaga a lembrança daquele longínquo ano de 1992, quando o então 1º Ministro Cavaco Silva resolveu atribuir, sem grandes hesitações, pensões vitalícias a ex-Pides (por "serviços relevantes prestados à Pátria").

Numa daquelas estranhas ironias da Vida e da História, foi nesse mesmo ano que faleceu, ainda jovem e vítima de cancro, o grande Capitão de Abril, Salgueiro Maia - aquele a quem o Governo de Cavaco Silva recusou atribuir à viúva uma pensão militar por serviços prestados à Pátria...

Haja memória!...

domingo, 17 de maio de 2009

Honra


"O falso é como a cortiça: flutuará sobre a água pura ou sobre água salobra. O que lhe importa é manter-se à tona. Hoje jurará que este ou aquele poderoso jamais lhe franquerão a porta de casa; amanhã, se tal lhe for exigido para se manter flutuando, será o primeiro a abraçar quem desprezou e a cobrir-lhe a fronte de flores. E no dia em que o poderoso que adulou deixar de ter poder sobre o seu destino, logo virá o falso gritar bem alto o seu desprezo por quem ainda ontem se desfazia em mesuras..." - "O Príncipe das Queijadas" - autor anónimo - Século XIX

sábado, 16 de maio de 2009

Curtas e rápidas


Joaquim Raposo, Presidente da Câmara Municipal da Amadora, para além da obra verdadeiramente notável que já concretizou naquele Município (especialmente em termos de renovação urbana, integração social e fomento económico), conseguiu levar mais um importante empreendimento para o seu território - o novo espaço comercial e de lazer denominado Dolce Vita Tejo.

Em Sintra continua também a crescer o grande "projecto" do Dr.Fernando Seara e desta maioria PSD/PP - o "Dolce Far Niente"...


*************

Já aqui o referi mas nunca é demais relembrá-lo - as obras de construção de novo nó de ligação entre o IC19 e Rio de Mouro continuam a arrastar-se e a prejudicar diariamente muitos milhares de cidadãos desta freguesia. A "aceleração" que foi visível para terminar o posto de combustíveis já ali construído (patrocinador da obra de alargamento deste nó, como contrapartida para a abertura do referido posto) nao se verifica nas actuais obras em curso - agora já não se vêem trabalhos durante a noite ou aos fins de semana, por exemplo.


É caso para dizer - primeiro o negócio; depois as pessoas...

*************

Miguel Portas afirmou ao novo diário "I" que o Bloco se está a preparar para ser Governo, que irá apresentar um programa de Governo e que chegará o dia em que será Governo.

Credo!...Valha-nos D. Nuno Álvares Pereira, o Santo Condestável!...


*************

Alguém sabe onde pára aquele outro "grande projecto para Sintra" designado "Cidade do Cinema"?...

Queres ver que se meteu por alguma das ciclovias construídas pela maioria de Direita em Sintra e agora nunca mais ninguém o vê?...


quinta-feira, 14 de maio de 2009

Edite Estrela em Sintra



A Drª Edite Estrela, eurodeputada do PS e candidata nº2 das actuais listas a novo mandato, vai estar esta semana em várias escolas portuguesas para sessões de esclarecimento sobre a União Europeia.

Nessas sessões terá oportunidade de falar sobre a sua actividade parlamentar, o papel das instituições europeias, o multiculturalismo e o Ano Europeu da Criatividade e da Inovação, iniciativa da Comissão Europeia.

No Concelho de Sintra a eurodeputada socialista visitará a EB 2,3 D. Fernando II, em Sintra, no dia 15 de Maio.

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Política


"O maior castigo para aqueles que não se interessam por politica é que serão governados pelos que se interessam".


Arnold Toynbee

sábado, 9 de maio de 2009

Lisboa, não sejas francesa...


Paulo Rangel, em entrevista a António Sala, hoje, na Rádio Renascença:

" Lisboa é, das cidades estrangeiras, aquela de que mais gosto".

Perante o espanto do entrevistador, lá tentou "disfarçar", com alguns rodeios e "floreados", aquilo que verdadeiramente acabou por lhe escapar - para ele, nascido e criado no Porto, admirador de Pinto da Costa e sócio do Futebol Clube do Porto, Lisboa é uma cidade "estrangeira".

Não seria nada de espantar se o entrevistado fosse algum membro da claque dos "Super Dragões" ou coisa do género - mas para um candidato (e certamente futuro) deputado europeu isto soou-me a tiro no pé...

segunda-feira, 4 de maio de 2009

Vasco Granja


Faleceu Vasco Granja, grande divulgador do cinema de animação e da Banda Desenhada em Portugal.

Este homem faz parte do meu imaginário de infância e adolescência e com ele muito aprendi não apenas sobre animação e BD, mas também sobre a Vida, as pessoas, a História, o Mundo.

Nos seus programas na televisão ou nos seus artigos em jornais e revistas, Vasco Granja não queria ser tomado pelo "erudito" (que verdadeiramente era) nestas questões - queria "infectar-nos" com o "virus" da sua paixão. A mim, "contaminou-me" até hoje.

Estou seguro que, a esta hora, já Hergé o abraçou com força e o marinheiro Corto Maltese o conduziu pelas alamedas coloridas do Paraíso, na continuação dessa imensa "prancha" chamada Eternidade.

Paz à alma de um homem bom.

sábado, 2 de maio de 2009

Lições da História


Eu admito que uma pessoa possa dar um murro a alguém e depois querer fazer crer que não o deu, para se eximir de qualquer julgamento ou condenação. Pode dizer-se que será a atitude do sonso ou do canalha. Mas admito que tal atitude exista, tal como existe chuva, balões coloridos e tigres da Malásia. São factos. O que já começo a achar esquisito (no mínimo) é que o tipo que deu o murro faça um ar compungido e venha dizer que o fez porque anda chateado com a vidinha, afinal o esmurrado só teve azar em passar por perto, é a Vida, anda por aí uma crise e a malta perde a cabeça e começa a esmurrar quem passa. Ainda por cima o tipo que levou o murro simpatiza com o partido no Governo e como sabemos isso faz perder a cabeça a qualquer um, há uns anos atrás na Alemanha também havia quem perdesse a cabeça quando via judeus lá na sua vidinha e ficava com uma grande vontade de os esmurrar e partir lojas e coisa tal. É a vida...

Até aqui...ainda vá que não vá, podemos não gostar mas as coisas encaixam, sonsos e cobardes sempre existirão e teremos que continuar a ter paciência perante os seus rostos de canalhas a fingir que estão arrependidos de coisa nenhuma. Porque dar-lhes o mesmo tratamento seria descermos ao chão lamacento onde se passeiam e aí devemos traçar a fronteira entre gente e bestas de carga.

Mas quando aquele que esmurrou, que insultou, que perseguiu, começa a exigir que o esmurrado, o ofendido, o perseguido, lhe peça desculpa, porque se queixou do murro e devia tê-lo engolido em silêncio, alto lá e pára o baile (ou, neste caso, a manifestação)! Sabemos que há pessoas para quem a Democracia é apenas uma fachada à qual se adaptam temporariamente, pela força das circunstâncias, embora o seu coração vibre secretamente pela Revolução que imporá o seu credo a todos sem excepção. Sabemos, ainda, que há quem ache que dar murros em quem não concorda com ele é um gesto proletário e tem até os seus Santos protectores, São Estaline e São Lénine. Mas esta de esmurrar um homem e depois, quando o homem se queixa e protesta, vir exigir que ele se desculpe das acusações ao agressor, creio que não lembraria nem a São Pol Pot, outro miraculado dos amanhãs que cantam!...

Fora isto, ontem foi 1º de Maio, Dia do Trabalhador, em Lisboa esteve sol, a CGTP manifestou-se para um lado e a UGT para o outro e, pelo meio, houve esta história de murros, insultos e muita raiva mal contida contra um homem chamado Vital Moreira que teve o azar de achar que, apesar de tudo, apesar do passado, apesar da História, aqueles que tanto enchem a boca com a palavra Liberdade a saberiam respeitar. Mas afinal a História repetiu-se...

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Acertar contas


Na última Assembleia Municipal, realizada no passado dia 23 de Abril, a “Sintra-Empata”, a Sintra do Dr.Fernando Seara e da gestão (?) desta maioria de Direita, foi uma vez mais confrontada com a crua realidade dos números e dos factos, a propósito da prestação de contas de 2008. Não é a primeira, nem será, certamente, a última vez que tal sucede e só é pena que pouco ou nada disto seja divulgado na nossa (pobre) Comunicação Social local, demasiado “reverente” (ou talvez demasiado dependente de receitas da publicidade institucional…) e onde o debate destas questões é praticamente inexistente - eu diria que até parece causar algum “incómodo”, sobretudo quando o PS tem razão e factos claros para o demonstrar!...

Nesta sessão da AM a deputada Piedade Mendes, do Partido Socialista, traçou um quadro negro daquilo em que se transformou o município de Sintra nestes últimos 8 anos e confrontou o actual Presidente com valores que comprovam que Sintra dispôs de muito mais recursos financeiros neste período de tempo, embora não se veja obra concreta por parte deste executivo camarário.

Eis alguns dados desta “Sintra-Empata”:

- o Concelho baixou no ranking nacional para empresas com um volume de negócios inferiores a 150 000 euros: Sintra surge na 133ª posição, atrás de concelhos como Montijo, Oeiras, Cascais, Seixal, Palmela, Vila Franca de Xira, Mafra, Amadora, Loures, Setúbal, Barreiro e Sesimbra;

- baixou igualmente no ranking nacional para um volume de negócios superiores a 150 000 €, aparecendo em trigésimo sétimo lugar, atrás de Oeiras, Palmela, Loures, Setúbal, Seixal, Vila Franca de Xira e Amadora;

- apesar de muita propaganda em redor do “apoio social” dado pela Câmara aos mais necessitados, a verdade dos números mostra que, em 2008, a verba destinada à acção social representou apenas 3,6% do Orçamento!... Pior: para a Infância foram orçamentados…128 mil euros (!) e executados apenas 1328 euros, isto é, cerca de…1%!

- para Parques e Jardins, em 2008, foram orçamentados três milhões, quinhentos e cinquenta mil euros (2,6%). Executado – 63%. Até parece que em todo o Concelho de Sintra não há necessidade de parques e jardins, para que nem se cumpra com aquilo que se previu gastar!...

- foram construídas 3 escolas básicas pelo Dr.Seara e pela maioria que o sustenta em 8 anos!... E numa destas 3 escolas (Monte Abraão) ainda recentemente caiu o tecto, ferindo alguns professores!... Com o PS, no início do ano lectivo de 2001, o Concelho de Sintra arrancou com 12 novos Jardins de Infância, 7 novas escolas do 1º ciclo e 15 novos pavilhões desportivos e todas estas novas escolas foram dotadas de importantes equipamentos complementares, tais como refeitórios e bibliotecas, entre outros. Que diferença!...

- no que diz respeito aos recursos financeiros, também aqui a comparação é expressiva e esclarecedora: nos mandatos PS (1994 – 2001) a Receita Total da CMS foi de 765.407.447 euros; nos mandatos do Dr.Fernando Seara e da sua maioria PSD/PP essa Receita Total foi de 983.855.059 euros;

- o valor do IMI recolhido entre 1994 e 2001 foi de 73.346.921 euros; o Dr.Seara e a actual maioria de Direita obtiveram, entre 2002 e 2008, 235.283.435 de euros!...

- idem na Derrama: entre 1994 e 2001 a CMS obteve 42.747.986 de euros; o Dr.Seara e a sua maioria de Direita obtiveram 90.904.128 euros entre 2002 e 2008!...

- a pergunta que se evidencia é apenas uma: por que razão existindo mais recursos se vê menos obra?! Pior – que obra significativa foi feita em Sintra que não se vislumbra?! Porque o alargamento do IC19 é da responsabilidade do Governo, assim como as obras no IC16 e IC30, assim como o Polis, etc, etc, etc, não podendo o actual Presidente reivindicar para si esses investimentos!...

O quadro é verdadeiramente demolidor para os responsáveis pela gestão (?) do nosso Concelho nestes últimos 8 anos. Como diz o nosso Povo, “nem fazem, nem deixam fazer”. Sintra é, hoje em dia, um Concelho menos atractivo para investir, para morar, para viver, e qualquer habitante reconhecerá facilmente que esta situação se agravou nos 8 últimos anos.

Não é por falta de recursos, nem de meios, nem de desafios – é por falta de projecto e de gente à altura para o levar em frente! Já chega!...